top

Monografia 1999

Referência: 18/ 1999

Título: Ordenamento Territorial e Desenvolvimento Sustentado de Escravos da Colonização do Brasil a Escravos da Globalização Territórios Culturais: comunidades remanescentes de Quilombos

Autor(es): Elizabeth Bastos Gomes da Silva
Resumo: Não Disponível

Referência: 17/ 1999

Título: Reciclagem e Coleta Seletiva – Uma Abordagem Prática

Autor(es): Carlos Fernandes Reis de Oliveira
Resumo: O presente trabalho trata de diversas experiências com reciclagem de lixo e coleta seletiva. Como é feito o de tratamento de resíduos sólidos em diversas cidades do país: o apoio das entidades governamentais, da população, as dificuldades de cada programa, o apoio financeiro e o tratamento especial que deve ser dado ao lixo tóxico.

Referência: 16/ 1999

Título: Água – Por quê preservar as Fontes da Vida

Autor(es): Gelmino Luiz M. Fazzioni
Resumo: A água é reconhecidamente um recurso vulnerável, finito e já escasso em quantidade e qualidade. Portanto, nessa condição trata-se de um bem econômico. Por isso, é fundamental que se disponha de instrumentos legais, essenciais ao equilíbrio da oferta e da demanda para garantir o desenvolvimento sustentável. O uso indiscriminado e o desperdício também fazem parte de nossa cultura, e qualquer usuário sente-se dono para tirar proveito, sem pagar nada por isso, desse recurso natural que pertence a todos. Se nós pagamos por todos os recurso naturais de que necessitamos para viver, por que não pagar pelo mais valioso desses recurso, que é a água.
É importante que todos os usuários da água, lideranças e cidadãos se mobilizem através de diferentes formas e organizações para assegurar o processo participativo.
Procurou-se nesse trabalho, traçar uma panorama da situação da água do nosso planeta, demonstrando os problemas decorrentes do mau uso da água, bem como soluções propostas por organismos internacionais e a experiência do Brasil no setor de saneamento básico com utilização de recursos do Banco Mundial.

Referência: 15/ 1999

Título: Utilização do Lodo do Esgoto no Distrito Federal

Autor(es): Adriana Schneider de Almeida
Resumo: O presente trabalho aborda o tratamento do esgoto e tem por objetivo apresentar alternativas para a disposição e aproveitamento do lodo no Distrito Federal, com enfoque na agricultura, e contribuir para a melhoria da qualidade de vida da sociedade, demonstrando a preocupação com a preservação do meio ambiente.
Tomou-se por base, no desenvolvimento do estudo, informações bibliográficas e dados fornecidos pela Companhia de Água e Esgotos de Brasília – CAESB, Caixa Econômica Federal, Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental – ABES, Empresa Brasileira de Assistência Técnica e Extensão Rural – EMATER e Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – EMBRAPA.

Referência: 14/ 1999

Título: Parque Ecológico Norte: Uma Síntese da Política Ambiental no Distrito Federal
Autor(es): Mercedes Maria Augusto

Resumo: O Parque Ecológico Norte é fruto de um período marcado por grande mobilização nacional em torno de temas como a redemocratização e a constituinte. Os brasilienses, além dos temas comuns a toda a nacionalidade, acrescentaram à sua pauta de discussão a cidadania plena de sua gente. O período seria ainda marcado pela sensibilidade de todos no âmbito nacional e internacional, em torno da questão ambiental, nesses tempos que precederam a realização da Rio-92. Assim como essa forte mobilização fez com que os governantes – mesmo em um regime em que tanto o presidente da república como o governador do Distrito Federal não foram diretamente escolhidos pelos brasileiros e brasilienses – concebessem um espaço privilegiado que atendesse às expectativas do povo de Brasília, a atual desmobilização popular, a forma como o poder é exercido pelos mandatários da confiança popular podem comprometer toda a concepção de uma dos espaços mais bem concebidos depois da inauguração da Capital.


Referência: 13/ 1999

Título: Coleta Seletiva e Reciclagem do Lixo

Autor(es): Meg Coelho Netto Galiza
Resumo: O lixo foi estudado como um problema atual de origens antigas, mas que só nos últimos 50 anos, vem sendo estudado e tratado de forma mais sistematizada, principalmente, por causa dos danos que vem causando ao meio ambiente, à sociedade e por conta do seu agigantamento. A quantidade de lixo que está sendo gerada é maior que a capacidade que a natureza tem de reabsorvê-lo, torna-se assim a grande questão da atualidade e a afetar as gerações futuras.
Além de examinar os atuais impactos e projetar seu crescimento, analisamos, descritivamente, as principais variáveis ou agentes relacionados com o problema da “coleta seletiva e reciclagem do lixo urbano doméstico”, como uma das soluções para a redução dos impactos do lixo, abordando também, hipóteses de redução ou re-direcionamento do problema.
Este estudo aponta os resultados favoráveis já obtidos em diversos projetos e iniciativas, alerta para o drama que está sendo causado e que se agravará a cada dia, pois continuamos a gerar cada vez mais lixo, sem conseguir equacioná-lo. Apresenta também, um conjunto de recomendações praticas, a serem adotadas a nível pessoal, coletivo, institucional e governamental, para melhor administrar o problema.
A solução desse problema tem origens na abordagem educacional, pois só um programa de conscientização de todos os consumidores – que formam os lixos urbanos – e dos responsáveis pelos fatores de produção – que produzem bens e serviços com potenciais de lixo – teremos um equacionamento da questão. Tal programa educacional, que deve abordar as populações adultas, deve também atingir os jovens que em breve serão os adultos responsáveis pela geração, administração e solução do lixo.
Este é um trabalho de cunho acadêmico que não pretende esgotar o assunto, abordando apenas alguns aspectos mais significativos da coleta seletiva e da reciclagem, com o objetivo de demonstrar os conhecimentos adquiridos sobre a matéria e servir como um referencial para o aprofundamento de outros estudos, que inclusive recomendamos e que sejam associadas ao enfoque educacional.

Referência: 12/ 1999

Título: Incorporação da Variável Ambiental ao Processo de Concessão de Crédito Público”

Autor(es): Patrícia de Oliveira Rosa Machado
Resumo: Este trabalho tem como principal objetivo, atualizar e capacitar técnicos e profissionais da Caixa Econômica Federal, envolvidos no processo de análise e concessão de crédito público, de sorte que possam melhor responder às demandas que lhe são formuladas atualmente, no contexto de novos padrões técnicos e administrativos propostos pela questão ambiental, a exemplo do Protocolo Verde.
Espera-se, então, promover a conscientização dos empregados da empresa envolvidos com a concessão de financiamentos da importância e necessidade do licenciamento ambiental, bem como a adequada orientação aos proponentes dos procedimentos exigidos pelo órgão ambiental competente, de modo a agilizar a liberação da licença pertinente e, conseqüentemente, o financiamento pretendido.
Houve a preocupação em abordar, de forma clara e objetiva, os conceitos, características e objetivos da política, do planejamento e da gestão ambiental, visando esclarecer o papel da Caixa frente às questões ambientais, assim como sua participação no Protocolo Verde.


Referência: 11/ 1999

Título: Da Utilização de Informações Geo-Referenciadas na Gestão do FTGS

Autor(es): Antonio Triana Filho
Resumo: Proposta de implementação de um sistema de informações gerenciais, dotado de sistema de informações geo-referenciadas como instrumento de apoio no tratamento da informação e de suporte à decisão gerencial, nas atividades de gestão dos recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço – FGTS.
Referência: 10/ 1999

Título: Arquétipos Ambientais ou a Abrangência da Energia na Civilização Termo-Nuclear

Autor(es): Feliciano Tavares Monteiro
Resumo: O presente trabalho pretende fazer uma viagem de transição desde os remotos arquétipos adormecidos em nossos inconscientes até o mundo real, do “Foot Print”, onde ao que tudo indica, uma nova civilização (pós industrial) embasada no consumo intensivo de energia está produzindo um complemento desfazimento de nossas cidades, e do tecido social, em meio a uma Gerra-energética de caráter mundial.

Referência: 09/ 1999

Título: De escravos da Colonização do Brasil, a escravos da globalização
Autor(es): Elizabeth Bastos Gomes da Silva

Resumo: Não Disponível

Localize o CIORD

Links

Transparência
A página Transparência UnB reúne informações sobre administração e gestão da Fundação Universidade de Brasília.
Ceema
Centro de Estudos em Economia, Meio Ambiente e Agricultura.
Moodle
Moodle da Universidade de Brasília

bottom
to bottom

CIORD © 2013 – Todos os direitos reservados